top of page

Adobe Flash Player tem seu suporte oficial encerrado


O Adobe Flash Player chegou ao fim. Depois de quase 25 anos de existência, o plugin alcançou a sua data limite na ultima quinta- feira do ano (31). A ferramenta foi encerrada de vez, deixando todo um legado e passando o bastão para os padrões que já conquistaram a web, como o HTML5, WebGL e WebAssembly.



Ainda que quase que inexistente na internet de hoje, a importância da plataforma é indiscutível seja no passado ou nos dias atuais. Afinal, é ela a responsável por animar a web

quando tudo ainda era mato, pelos vídeos do youtube até o site aderir ao HTML 5 por padrão e até mesmo o que possibilitou os joguinhos de navegador.


De onde surgiu o Adobe Flash Player?


A história do Flash começa lá nos anos 1990. O software tem suas origens em uma empresa co-fundada por Jonathan Gay em 1993, a FutureWeve. A companhia marcou seu início no mundo com o SmartSketch, um software voltado para ilustração.


Após mudanças no mercado, em 1996, a companhia concentrou seus esforços em animações na internet com o lançamento do FutureSplash Animator, que atraiu a atenção de empresas como a Disney e a Microsoft. Até que, no fim do mesmo ano, a FutureWave foi comprado pela Macromedia e o programa foi renomeado como "Macromedia Flash".


O programa foi comprado por outras empresas novamente em 2005, quando a Adobe comprou a Macromedia. Após as negociações, a plataforma, enfim, ganhou o nome que conhecemos até o tempo presente: Adobe Flash Player.


O sucesso do software era notável. Para se ter uma ideia, ainda em 2014, ano de estreia do HTML5, oito em cada dez usuários do google chrome acessavam algum site com Flash pelo computador diariamente.

"Hoje, apenas 17% dos usuários visitam sites com Flash e continuamos a ver uma tendencia de queda à medida que os sites mudam para HTML" disse o Google em 2017.

O plugin conferia aos desenvolvedores desde funções mais básicas, como a criação de banners, menus e demais elementos de página web, até reprodução de conteúdos multimídias, como musicas e vídeos. Mas os games que rodavam no navegador estão entre as atrações mais marcantes da plataforma.


Flash Player no Google Play para Android (Imagem: Reprodução)

Se você gostou e quiser saber mais sobre esse assunto clique aqui para ler o artigo completo.



 

Siga as nossas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram


 

Apoie o blog através do nosso apoia.se

Comments


bottom of page